Duarte Vitória, o rude pintor do que é belo

Drama, exagero, cores que roçam a realidade e ao mesmo tempo deixam uma frustração ilógica. Não imaginemos cores fortes a afogar a tela, neste caso são os modelos que quase a agarram com unhas e dentes. O artista consegue dividir o espectador entre a degradação e a beleza humana.

Continue reading “Duarte Vitória, o rude pintor do que é belo”

Carlos Nogueira na Galeria 3+1

“Mais desenhos de casas com luz. E escuridão” exposição de Carlos Nogueira, está patente na Galeria 3+1, em Lisboa, desde 11 de maio até 23 de junho de 2018.

Continue reading “Carlos Nogueira na Galeria 3+1”

Ana Guedes, a artista que nos afina os sentidos

Movimento, dualidade, e ambiance aliados à lembrança, nostalgia e memória, tudo envolvido numa linha contínua de som. A artista manifesta a sua veia artística através daquilo que percebemos ser uma peculiar relação com o som e as suas várias formas de existir.

Continue reading “Ana Guedes, a artista que nos afina os sentidos”