João Leonardo, quando a decadência é transformada em arte

Coletor por natureza, João Leonardo é o artista que transforma os objetos mais banais e em fim de vida (e pouco cheirosos) em obras de reflexão histórica, emocional e humana, conseguindo retratar de formas incríveis nos seus trabalhos, o vício, compulsão e a decadência humana.

Continue reading “João Leonardo, quando a decadência é transformada em arte”

Anúncios

João Fino, quando a luz do teatro e o ritmo musical se encontram no pincel

Artes cénicas, música, arte digital e artes plásticas, João Fino é um artista multifunções que encontrou na pintura o culminar de todo o seu percurso artístico.

Continue reading “João Fino, quando a luz do teatro e o ritmo musical se encontram no pincel”

João Ferro Martins, apresenta as estórias das memórias

João Ferro Martins, artista plástico português, encontra nas esculturas o seu escoar emocional, um ótimo exemplo ilustrativo das definições de arte associadas ao ready-made, onde objetos vulgares ganham um novo sentido e uma nova vida.

Continue reading “João Ferro Martins, apresenta as estórias das memórias”

Diogo Navarro, a libertação e a explosão da criatividade

Artista plástico que não tem medo de sujar as mãos, nem de pintar à chuva, Diogo Navarro cria explosões de cor aliadas à sua filosofia, com amor à arte e ao seu dom como artista.

Continue reading “Diogo Navarro, a libertação e a explosão da criatividade”

Andy Prokh, talento fotográfico que aquece o coração

A perfeita combinação entre talento, criatividade e gatos! A fotografia deste artista russo traz ao mundo cenários e perspetivas que nascem do seu dia-a-dia, porque no fundo a arte é isso, o que há em cada um de nós.

Continue reading “Andy Prokh, talento fotográfico que aquece o coração”

Isaque Pinheiro, o ready-made virado do avesso

Isaque Pinheiro, um artista irreverente que cria (e recria) alimentando as suas peças de sentimento, filosofia e significado. Foi ele o artista escolhido para este Arte que Apanha o Olho.

Continue reading “Isaque Pinheiro, o ready-made virado do avesso”