Quel Amour!? no Museu Coleção Berardo

A exposição Quel amour!? reúne artistas nacionais e internacionais para nos mostrar e explicar o que é o amor. A exposição está patente desde 10 de outubro até 17 de fevereiro de 2019 no Museu Berardo, em Lisboa.

Quel Amour!? reúne artistas de diferentes gerações, países e culturas para os quais o Amor foi fonte de inspiração. Indubitavelmente, o Amor é dos sentimentos mais determinantes da vida humana, pelo que foi e é ainda um tema presente na história da arte.
A humanidade, em geral, e os artistas, em particular, pela sua sensibilidade, sentem a necessidade de exprimir este sentimento, tão pessoal e diverso, que se manifesta de inúmeras maneiras. É esta pluralidade que se pretende explorar em Quel Amour!?.
Esperamos que seja um ponto de partida para uma reflexão mais profunda sobre o tema do Amor, sobre a sua diversidade e transversalidade, contribuindo assim para uma melhor compreensão de nós próprios e do nosso mundo.

Conceção e coprodução: [mac] musée d’art contemporain de Marseille, MP 2018 Quel Amour!? e Museu Coleção Berardo.

Obras de Marina Abramović & Ulay, Chantal Akerman, Pilar Albarracín, Albuquerque Mendes, Helena Almeida, Cristina Ataíde, Omar Ba, Francis Bacon, Richard Baquié, Annette Barcelo, Mohamed Ben Slama, Louise Bourgeois, Miriam Cahn, Sophie Calle, Lourdes Castro, Marc Chagall, Daphné Chevallereau, Antoine D’Agata, John De Andrea, Jan De Maesschalck, Jeremy Deller & Cecilia Bengolea, Mattia Denisse, Marlene Dumas, Tracey Emin, Gérard Fromanger, Élisabeth Garouste, Gérard Garouste, Nan Goldin, Todd Hido, Alex Katz, William Kentridge, Bhupen Khakhar, Sanam Khatibi, Pierre Klossowski, Rémi Lange, Eugène Leroy, Claude Lévêque, Sébastien Lifshitz, Mark Manders, Annette Messager, Duane Michals, Adolphe Monticelli, Adrian Narvaez Caicedo, Shirin Neshat, Florence Obrecht & Axel Pahlavi, Gonçalo Pena, Raymond Pettibon, Marc Quer, Paula Rego, Germaine Richier, Raphaëlle Ricol, James Rielly, Éric Rondepierre, Karine Rougier, Chéri Samba, Thomas Sipp, Kiki Smith, Ernesto De Sousa, John Stezaker, Michèle Sylvander, Wolfgang Tillmans, Rosemarie Trockel, João Pedro Vale & Nuno Alexandre Ferreira, Joana Vasconcelos, Jean-Luc Verna, Kara Walker, Francesca Woodman, Jérôme Zonder.

Curadoria de Éric Corne.

AVISO: Esta exposição contém obras que podem ser consideradas sexualmente explícitas. Recomendamos que os menores de idade sejam acompanhados pelos seus tutores legais durante a visita.


 

Informações úteis: berardo

Museu Coleção Berardo

 

Horário: De Segunda-feira a domingo, das 10h às 19h (última entrada até às 18h30)

Morada: Praça do Império, 1449-003 Lisboa, Portugal

Transportes:

Autocarros

729 – Carris (paragem Centro Cultural de Belém)

714, 727, 728, 751 – Carris (paragem Belém / Mosteiro dos Jerónimos)

Elétrico, 15E – Carris (paragem Centro Cultural de Belém)

Comboio

Linha de Cascais – CP (paragem Belém)

Barco

Transporte fluvial a partir de Trafaria ou Porto Brandão para Belém – Transtejo

SaveSave

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.