Valter Vinagre, na Galeria Municipal de Almada

A Galeria Municipal de Arte em Almada, apresenta a exposição de fotografia “Olha”, da autoria de Valter Vinagre, desde 3 de março até 13 de maio de 2017.

A exposição, inserida nas Comemorações Municipais do Dia Internacional de Mulher, resulta de um projeto desenvolvido entre o fotógrafo e a APAV – Associação de Apoio à Vítima, com o objetivo de retratar o universo das vítimas de crime em Portugal. As fotografias de Valter Vinagre são uma chamada de atenção para “realidades invisíveis”, que habitualmente se furtam ao olhar da câmara, como é o caso da violência doméstica, uma das dimensões da violência mostrada nesta exposição. Numa sociedade em que, estatisticamente, as mulheres constituem o maior grupo de violência doméstica, “Olha” propõe uma olhar atento, uma reflexão sobre esta realidade. A exposição inaugura no dia 3 de março, às 18h30.

“Como fotografar o silêncio? Como fotografar o invisível ou o velado? Desde que há fotografia – melhor seria dizer, desde que há imagem – que o problema se põe. Seja porque o que está em causa são conceitos e não realidades tangíveis, seja porque essas realidades se furtam absolutamente ao olhar da câmara. A violência doméstica, entendida como fenómeno alargado, é um destes casos.

É omnipresente em todas as sociedades, mas invisível. É ilegal (é mesmo um crime público) na nossa, mas resistente à sanção social e à lei. O que é novo na modernidade não é a violência, mas, por um lado a natureza dessa violência e, por outro, o modo como a vemos e a enquadramos entre o espaço público e privado. O seu território, o seu capital de impunidade é precisamente esse círculo fechado que constitui a privacidade, que deixa à porta o Estado, as leis, a urbanidade exigível aos comportamentos. (…)

Poucos assuntos podiam ser menos atraentes e mais destituídos de glamour e de fotogenia como a vida das pessoas vítimas de violência. O circuito mediático guarda-as normalmente para encarniçar em nós a faceta humanista que todos julgamos ter. A serenidade cúmplice das imagens de Valter Vinagre recusa liminarmente essa parasitagem. No fundo elas dizem uma só coisa de diferentes maneiras. Olha. Compreende o que puderes. Se puderes. E age. Se puderes.”

Celso Martins

Valter Vinagre

Nascido em Avelãs de Caminho, 1954, no concelho de Anadia ,Valter Vinagre estudou fotografia no AR.CO – Centro de Arte e Comunicação Visual, (1986 – 1989) em Lisboa. Iniciou o seu percurso em finais dos anos 1980, realizando exposições individuais e participando em mostras e iniciativas de cariz colectivo.

De início conotado com uma fotografia próxima do registo documental, o seu trabalho passou a interiorizar um exercício mais reflexivo sobre a imagem, criando discursos sobre os significados associados à paisagem, à viagem e ao lugar da cidade.

***

Atividade complementar à exposição:

Conversa debate com Valter Vinagre e Celso Martins
Data: sexta feira, 28 de abril
Horário: 18:30
Destinatários: todos
Local: Galeria Municipal de Arte
Entrada livre (sujeita á lotação do espaço)


Informações úteis:

Galeria Municipal

Valter Vinagre

Entrada Livre

Horário:

De segunda a sexta das 10h às 12h30 e das 14h às 18h

Sábados das 14h às 18h.

Encerra aos domingos e feriados.

Morada: 

Avenida Dom Nuno Álvares Pereira, 74B, Almada

Anúncios

One thought on “Valter Vinagre, na Galeria Municipal de Almada

Add yours

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: