Mini Esculturas em Carvão

Estas são imagens que andam a flutuar pela internet/facebook há algum tempo, vão e vêem e dão a volta outra vez. E mesmo já tendo passado a novidade, não consigo não ficar impressionada. Basta olhar na diagonal para ficar agarrada, é possível perceber logo de relance que são micro esculturas feitas na ponta de lápis de carvão, mas é quando olhamos mais de perto que somos deslumbrados pelo pormenor que estes artistas são capazes.

A técnica

Dos artistas que destaco para este tipo de trabalhos, a técnica e ferramentas são similares: o x-acto, a lupa e uma boa luz . Uma pequena variação, alguns artistas, como Dalton M. Guetti e Diem Chau, usam agulhas de costura para trabalhar certos pormenores onde as laminas do x-acto não conseguem chegar. Já Salavat Fidai por vezes recorre ao microscópio para chegar aos mais pequenos pormenores das suas ideias.

Existe também uma busca dos artistas pela experimentação de materiais que vão esculpir, neste caso, experimentam-se várias marcas e tamanhos de lápis de carvão e de lápis de cera. Diem Chau comenta como as melhores marcas têm a vantagem de ter a madeira mais consistente, que se traduz num trabalho um pouco mais facilitado pois acaba por não existir tanta fragilidade no material.

Destes três artistas, Salavat Fidai diz demorar 6 a 12 horas para completar um modelo simples. As suas micro esculturas mais complexas podem levar até dois dias, não contabilizando o tempo necessário de pausa, que durar alguns dias, para poder descansar a vista.

Já Dalton Guetti, escolhe trabalhar em pequenos intervalos de tempo de 1 a 2 horas de cada vez, por dia, a este artista demora meses e por vezes anos para completar uma só escultura em grafite.

Deixo aqui dois videos que achei mais interessantes para conhecer a técnica:

Um pouco sobre os artistas:

Salavat Fidai

Escolhe as suas esculturas sob diferentes factores: música, filmes ou até um sonho que teve. Também cria por encomenda ou com base nas sugestões dos seus seguidores do Instagram.

Começou a sua viagem pelas miniaturas com um mini retrato do Van Gogh numa caixa de fósforos. Depois de algumas experimentações, nomeadamente com sementes e arroz, começou a dedicar-se à escultura cada vez mais pequena, sendo agora um artista de mini esculturas em grafite com um alto e dedicado nível de pormenor.

Deste artista destaco a particularidade dos temas das esculturas. Acho impressionante alguém ter a paciência para estudar os pormenores de figuras como o Darth Vader ou de um dinossauro para conseguir esculpir em tamanhos microscópicos.

Dalton M. Guetti

O seu objetivo é chamar a atenção das pessoas para as coisas mais pequenas.A maioria dos lápis que usa foram encontrados pelas ruas. Diz o artista que o seu trabalho é um processo de reciclagem em que transforma objetos descartados em arte.

Para o artista, esculpir lápis é um hobby e uma forma de meditação, hobby este que exige muita paciência e dedicação.

Ao início dos seus trabalhos de escultura trabalhava em objetos de grandes dimensões, foi apenas em 1986 que ganhou um interesse especial por pequenas coisas como insectos e plantas,  a partir daí decidiu criar as esculturas o mais pequenas possíveis como desafio a si mesmo.

Deste artista, para além da técnica claro, destaco a vontade e o processo. O encontrar do lápis e o facto de o relaxar ficar horas a fio a “descascar” o carvão para resultar em algo que no fim (em maioria) guarda para si.

Diem Chau

Para Diem Chau a escultura em miniatura é uma forma de contar histórias, mitos e a capacidade de nos ligarmos uns aos outros pelas semelhanças culturais e humanas.

De inicio as suas esculturas foram em carvão mas rapidamente passou para os lápis de cera que considera serem melhores materiais para o tipo de trabalho que pretende. Nos lápis de cera a artista consegue mais espaço para poder dar vida às figuras das suas histórias.

De Diem Chau destaco os trabalhos impressionantes feitos em carvão, para lá da técnica que nos três artistas é obvia de boa, mas aqui particularmente pelo pormenor da sombra da escultura no lápis. Pequenas pormenores em pequenas esculturas.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: